[rev_slider preparar_a_sua_primeira_visita_ao_dentista]
 
A dentição do seu filho está completa ou quase. Está a ficar crescido! A sua primeira visita ao dentista vai permitir controlar a sua dentição e o desenvolvimento do seu maxilar.
Como prepará-lo para esta primeira visita?
Ir ao dentista sem medo
Não há nenhuma razão para que o seu filho tema esta primeira consulta. Muitas vezes, são os pais que receiam este exame e que transmitem o seu medo aos filhos.

Ao aproximar-se a consulta, evite descrever as suas angústias, as suas experiências dolorosas ou as dos seus irmãos e irmãs. Não apresente esta visita como uma ameaça ou uma punição. O dentista não é nenhum vilão! Valorize o seu filho, explicando-lhe que esta visita é reservada aos crescidos. Diga-lhe simplesmente que o dentista é como um médico, e o seu trabalho consiste em olhar para a boca dele com uma lâmpada grande para ver se está tudo bem.

Há muitos livros para crianças que explicam de maneira reconfortante e engraçada o desenrolar desta primeira consulta. Não hesite em usá-los!
Alguns conselhos práticos

- Para esta primeira consulta, lembre-se de marcar consulta para de manhã e não ao final da tarde. As crianças estão geralmente menos cansadas, mais calmas e mais cooperativas. E, se também se sentir um pouco apreensivo com esta visita, evitará assim pensar sobre isso durante todo o dia!

- Planeie, à saída dessa consulta, um momento ou uma atividade de que o seu filho gosta particularmente: um passeio pelo parque, irem às compras juntos para preparar o seu prato preferido, ir visitar um amigo... Não faça disso uma recompensa. Trata-se simplesmente de o fazer feliz ou de passarem juntos um momento reconfortante.

- No dia da consulta, lembre-se de levar o boneco de peluche preferido do seu filho: é uma presença tranquilizadora que fará com que se sinta menos sozinho na cadeira do dentista.

- Na sala de espera, peça ao seu filho para estar atento ao que o dentista explica no início da consulta. Os profissionais de saúde estão habituados a receber pacientes jovens e têm geralmente as palavras certas para os tranquilizar.


[rev_slider menu_rosa_17]